Seminários Saúde Única nos Igarapés - PVH

Publicado em: 14/08/2021 09:36:56

Instabilidades sócio-ecológicas e doenças emergentes:o preocupante contexto brasileiro contemporâneo - Dr. Leandro Giatti (USP)


Na próxima sexta-feira (20/08), às 14h (horário de Porto Velho), será realizado o Seminário em Saúde Única, com a palestra ". Esse seminário faz parte do projeto "Saúde Única nas áreas de igarapés urbanos e periurbanos de Porto Velho".
 
Resumo da palestra: 

A apresentação destaca a natureza interdependente das exigências de produção de conhecimento e de tomada de decisões relacionadas com a prevenção de doenças emergentes no atual contexto brasileiro. Com referências na produção científica e evidências contextuais, verificam-se situações relacionadas com a Amazônia, que sofre perturbações sistemáticas e é caracterizada como um notável repositório de microrganismos potencialmente patogênicos aos seres humanos. Na aceleração das mudanças ambientais do Antropoceno, instabilidades sócio-ecológicas e a possibilidade do surgimento de doenças infecciosas fundem-se como pano de fundo de uma "insurgência dupla". Neste contexto, há uma tendência para prevalecer a hegemonia econômica no desenvolvimento brasileiro, corroborando discursos e pressões para simplificação e negação científica. Com isto, afirmamos que as ações setoriais de desenvolvimento e a monocultura do conhecimento caracterizam uma agenda de omissão, ou seja, um processo de tomada de decisão que corrobora a degradação ecológica e o descuido perante a possibilidade do aparecimento e propagação de novas doenças, como a COVID-19. Fazer face à complexidade sócio-ecológica inerente ao risco do surgimento de doenças infecciosas demanda sólida co-construção do conhecimento, abordagens ecossociais, correspondente governança e sofisticados mecanismos de tomada de decisão.

 
Link para acessar a transmissão via web: https://meet.google.com/voo-zkic-wab
 
semin agosto 2021 suigphv
 

Fonte: PGBIOEXP; Amanda Picelli